Forte chuva durante a madrugada deixa pontos de alagamento em Belém

Chuva intensa durou cerca de 1h30 e coincidiu com a alta da maré

Ruas amanheceram alagadas em Belém após chuva.  — Foto: Breno Calabria
Ruas amanheceram alagadas em Belém após chuva. — Foto: Breno Calabria


Uma forte chuva registrada na madrugada desta quarta-feira (17) deixou diversos pontos alagados em Belém. A chuva intensa, que durou cerca de 1h30, causou transtornos em vários bairros da capital.

Segundo as tábuas de maré, estava previsto que as águas subissem até três metros às 1h30, horário que coincidiu com a forte chuva. Na passagem Mucajá, no bairro da Cremação, a água chegou a entrar em algumas casas. Na rua Fernando Guilhon, no Jurunas, entulhos descartados de forma indevida se misturaram com a água da chuva.

Na vila José Eduardo II, no Guamá, a água subiu bastante e chegou a cobrir partes de carros estacionados na via. O canal da 3 de maio transbordou com a forte chuva e a passagem pelo local ficou difícil. No bairro da Cidade Velha, uma família teve a casa completamente invadida pela água, chegando a bater no joelho dos moradores.

Para esta quarta-feira, a previsão é de tempo parcialmente nublado durante a manhã e forte chuva pelo turno da tarde. A mínima prevista é de 23º graus e máxima de 31º.

Saneamento

Em nota, a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) disse que realiza desde o dia 13 de janeiro ações de limpeza emergencial que envolve a manutenção de macro e microdrenagem, com a limpeza e desobstrução de bueiros e poços, além da capinação e raspagem. A Sesan informa que já foi realizada a limpeza de 56 canais de Belém, encontrados muito assoreados.

A previsão da Secretaria é que as ações de limpeza emergencial se estendam até 30 de abril, com atuação de cerca de dois mil trabalhadores e que deve passar por todos os bairros da capital. Segundo a Sesan, o objetivo é diminuir o impacto dos alagamentos.

Sobre os entulhos, a Sesan disse que a nova gestão encontrou pontos de descarte irregular devido a ação de carrinheiros. A Sesan informou que está realizando o cadastro desses trabalhadores para que recebam orientação sobre o descarte e assistência de políticas de gestão de renda e financeira.

Fonte: G1 Pará

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!