Presidente de comissão, Emanuelzinho defende que policiais tenham prioridade na vacinação

Por fim, o petebista pretende focar os trabalhos da comissão para que assassinatos e agressões a policiais sejam transformados em crimes hediondos

Após assumir a presidência da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado na Câmara dos Deputados, Emanuelzinho (PTB) apresentou suas metas. Entre elas, a de colocar agentes da segurança pública como prioridade na lista de vacinação contra a Covid-19, seja na campanha da União, estados e municípios.
PUBLICIDADE

“Uma das prioridades é pautar os projetos que visam garantir a saúde e integridade física do trabalho dos agentes de saúde nesse momento. Eles não têm como trabalhar em home office, precisam estar nas ruas. Como é que se garante a proteção?”, questionou, durante live ao Olhar Direto na semana passada.

A prioridade é um pedido das associações e entidades que representam os servidores da área. Eles estão nos grupos de prioridade, mas a falta de vacinas tem preocupado os representantes da segurança pública, já que se trata de um serviço essencial.

Além disso, o parlamentar busca retomar os projetos que ficaram parados na Câmara por conta da suspensão dos trabalhos da comissão no ano passado. “Vamos fazer uma reunião com a Mesa para que a gente possa pautar todos os projetos que deveriam ser pautados no ano passado e não foram, por conta da pandemia. Tem uma série de projetos que estão represados”.

Por fim, o petebista pretende focar os trabalhos da comissão para que assassinatos e agressões a policiais sejam transformados em crimes hediondos.

Fonte: Gazeta Digital

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.