Rondonópolis não tem mais vagas em UTIs públicas ou privadas

Por conta da lotação, prefeito José Carlos do Pátio publicou novas medidas de restrição no Município

As UTIs disponíveis para pacientes com Covid-19 chegaram à lotação máxima em Rondonópolis (214 km de Cuiabá) nesta última quinta (25), de acordo com boletim da Secretaria Municipal de Saúde.

A Prefeitura diz que, caso haja demanda para UTI, o paciente será registrado no sistema de regulação. Os hospitais particulares também não possuem mais leitos de UTI.

Conforme dados da Secretaria, a cidade possui oficialmente 30 UTIs públicas e, no momento, há 32 pacientes internados neste tipo de leito.

No caso de novas demandas, não havendo vagas em Primavera do Leste ou Campo Verde, o paciente será transferido para outra cidade. 

Por conta da lotação das UTIs, o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) decretou fechamento de todas as atividades comerciais entre 22h e 5h. 

Igrejas, bares e restaurantes poderão funcionar com 30% da capacidade. 

Ainda conforme a Prefeitura, nesta última quinta (25), um paciente de Primavera do Leste aguardava em fila por uma vaga da na UTI. 

No momento, o Município tem 332 pessoas em isolamento domiciliar.

Fonte: Mídia News

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.