Exercícios militares da China, Bolsonaro com banqueiros e mais de 8 de agosto

O anúncio de militares chineses de que novos exercícios militares serão feitos nos mares e no espaço aéreo ao redor de Taiwan, e o almoço de Bolsonaro com banqueiros, em ofensiva para se reaproximar do setor financeiro após adesões de empresários a manifesto pró-democracia, estão entre os destaques desta segunda-feira (8).

China anuncia novos exercícios militares em torno de Taiwan nesta segunda (8)

Os militares da China anunciaram nesta segunda-feira (8) novos exercícios militares nos mares e no espaço aéreo ao redor de Taiwan – um dia após o término programado de seus maiores exercícios de todos os tempos, realizados em resposta à visita da presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taipé na semana passada.

O Comando Oriental chinês disse que realizará as novas atividades conjuntas com foco em operações de assalto marítimo – confirmando os temores de alguns analistas de segurança e diplomatas de que Pequim continuará a manter pressão sobre as defesas de Taiwan.

A visita de Pelosi à ilha na semana passada enfureceu a China, que considera Taiwan como parte de seu território e respondeu com lançamentos de mísseis balísticos sobre Taipé pela primeira vez, além de suspender alguns canais de diálogo com Washington.

A duração e a localização precisa dos exercícios mais recentes ainda não são conhecidas, mas Taiwan já diminuiu as restrições de voo perto das seis áreas de atividades chineses anteriores.

Após adesões a manifesto, Bolsonaro faz ofensiva para se reaproximar de banqueiros

Após adesões de empresários a um manifesto a favor da democracia, o presidente Jair Bolsonaro (PL) fará nesta segunda-feira (8) uma ofensiva para tentar se reaproximar do setor financeiro.

Na companhia dos ministros Paulo Guedes (Economia) e Ciro Nogueira (Casa Civil), o presidente participará de um almoço com os executivos da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e do Conselho Nacional de Instituições Financeiras (CNF).

O encontro será realizado após a decisão da entidade, que representa os maiores bancos do país, de aderir ao manifesto em defesa da democracia liderado pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

A Febraban já organizava uma agenda institucional com os principais candidatos à Presidência da República. A decisão pelo almoço desta segunda-feira partiu de Bolsonaro, segundo apuração da CNN.

Região Sudeste terá chuvas e baixas temperaturas nesta semana, diz meteorologista

A Região Sudeste terá uma semana “com a cara do inverno”, de acordo com a meteorologista da Climatempo Maria Clara Sassaki. Em entrevista à CNN Rádio, ela afirmou que há um “corredor de umidade” já presente em São Paulo que “vai chegar em boa parte da região central do Brasil.”

A partir de terça-feira (9), esse corredor vai se transformar em frente fria, que vai “levar umidade para Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.”

“A semana será mais úmida e com temperaturas mais baixas”, disse Maria Clara.

Na quarta-feira (10), a expectativa é de queda ainda maior na temperatura na Região.

Investimento em renda fixa volta a subir no 2º trimestre e chega a 61%, mostra Anbima

A renda fixa representava 61,3% dos investimentos dos brasileiros no segundo trimestre de 2022, o maior patamar trimestral dos últimos quatro anos, de acordo com dados da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), compilados a pedido da CNN.

Na comparação, a associação considera para anos anteriores o último trimestre de cada ano, mas ressalta que o número de abril a junho é maior que todos os trimestres do período.

Dentro desse tipo de investimento, a modalidade mais procurada pelos brasileiros é a poupança, que atrai os investimentos de pelo menos 35% da população poupadora, mostra o levantamento. Na segunda posição, vem previdência, com 15%.

A retomada pela procura da renda fixa tem relação com a alta na taxa básica de juros, a Selic. A taxa teve seu 12º aumento consecutivo na última quarta-feira (3), indo a 13,75% ao ano.

Lutador de jiu-jítsu baleado em show será velado e sepultado nesta segunda-feira

O corpo do octacampeão mundial de jiu-jítsu Leandro Lo será sepultado nesta segunda-feira (8) no Cemitério do Morumby, na Zona Sul de São Paulo.

O atleta teve a morte cerebral anunciada neste domingo (7) após ser baleado na cabeça durante um show.

De acordo com a administração do cemitério, o sepultamento do lutador está marcado para às 16 horas desta segunda.

Ainda conforme o cemitério, a família de Lo não forneceu detalhes sobre o velório.

Segundo informou a polícia à CNN, Lo estava em um evento no Clube Sírio quando foi provocado em meio a uma discussão. Em um primeiro momento, o lutador derrubou o provocador, que então saiu do local e retornou atirando.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Fonte CNN Brasil

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!