Cinzas do cachorro Shurastey, morto junto ao tutor nos EUA, chegam ao Brasil

As cinzas do cachorro Shurastey, morto ao lado de seu tutor, o influencer Jesse Koz, em maio deste ano, nos Estados Unidos, chegaram nesta segunda-feira (1º) ao Brasil.

“Repatriadas! As cinzas vieram pelas mãos de uma irmã de vida Ingrid  viajaram com dignidade, com amor, respeito e carinho”, explicou o perfil de uma marca feita em tributo aos dois no Instagram.

O velório e cremação de Koz aconteceram no início de junho, em Santa Catarina. “Em matéria, eles estão se reencontrando, na mesma ordem em que chegaram um na vida do outro”, cita o perfil.

Entenda o acidente

Jesse Koz e Shurastey viajavam em um fusca 1978 adaptado, que tinha até barraca de teto. Eles estavam a caminho do estado norte-americano do Alasca, quando sofreram uma grave colisão com outro veículo no estado do Oregon.

De acordo com informações da imprensa local, o brasileiro tentou desviar de um engarrafamento, mas acabou batendo de frente com um veículo que vinha na direção contrária.

O motorista do outro carro teve ferimentos leves, mas Koz e Shurastey não resistiram. Imagens do acidente mostraram o fusca completamente destruído.

O influenciador, que tinha 29 anos, compartilhava sua jornada e a de seu cachorro e fiel companheiro nas redes sociais, onde acumulavam milhares de seguidores. Koz viajava desde 2017 em seu fusca e chegou a percorrer mais de 15 países das Américas.


Fonte CNN Brasil

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!