Corpos de vítimas de feminicídio serão transferidos para Pernambuco e Maranhão

Elas foram assassinadas a facadas pelo militar da reserva da aeronáutica Joelson Alves de Souza, 54 anos, no sábado (30), no bairro do Guamá, em Belém

Jovens são assassinadas por militar da reserva da Aeronáutica em Belém. — Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal
 Foto: Reprodução

Os corpos das jovens Jessica Mesquita e Tamires Abdon serão transferidos para os estados de Pernambuco e Maranhão, onde serão enterrados. Elas foram assassinadas a facadas pelo militar da reserva da aeronáutica Joelson Alves de Souza, 54 anos, no sábado (30), no bairro do Guamá, em Belém. O crime aconteceu dentro de em residencial na travessa Barão de Mamoré, próximo da rua dos Mundurucus.

De acordo com amigos de Jéssica, que não quis se identificar, a vítima vivia em um relacionamento abusivo com Joelson. Ela tentava se separar do marido, mas ele a chantageava. Jéssica havia pedido exoneração do cargo público de técnica de enfermagem no Hospital Barros Barreto e partiria dia 10 de fevereiro para Pernambuco.

“”Era um relacionamento totalmente abusivo, né? Era uma situação de cárcere. Ela sí saía para trabalhar e ela sempre relatava que ele chantageava de todas as formas, quando ela queria se separar, quando ela queria sair de casa, procurar um outro apartamento para morar. Ele sempre se vitimizava, dizia que ele ia se matar, com remédios, drogas e facas”, contou.

“Quando ela estava saindo com a mala dela, com as coisas, e a amiga chegou, que foi a segunda amiga assassinada, para ajudar. E ela ia dar hospedagem na casa dela até o dia 10, aconteceu tudo isso”, completou.

A Polícia Militar foi acionada para o local. Uma equipe da Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o caso. De acordo com as primeiras informações, o autor do crime, Joelson Alves de Souza, era companheiro de uma das vítimas e militar da reserva da Aeronáutica.

Ainda segundo a PC, uma das mulheres, na tentativa de se defender, feriu o suspeito. Ele foi levado para receber atendimento médico sob custódia da Polícia Militar e será autuado em flagrante pelo crime de feminicidio.

A Aeronáutica confirmou que Joelson de Souza é militar da reserva. Ele foi encaminhado ao Hospital da Aeronáutica de Belém, onde foi atendido, mas já foi transferido para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, onde está internado.

Em nota, o Comando da Aeronáutica disse que colabora com as autoridades policiais nas investigações.

Duplo feminicídio acontece dentro de residencial no bairro do Guamá, em Belém. — Foto: Reprodução/Google Maps
Foto: Reprodução

Fonte: G1 Pará

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.