Biólogo faz 3×4 de sucuri de 5 metros no Pantanal

Biólogo e guia turístico Helder Brandão aproveitou a visita até o Refúgio Ecológico Caiman, em Miranda, a 190km de Campo Grande, para fazer uma verdadeira foto 3×4 de uma sucuri. A espécie amarela com 5 metros tinha acabado de se alimentar e estava quietinha na vegetação.

sucurizinha
Helder conseguiu fazer uma foto bem de pertinho da sucuri, que tinha acabado de comer e estava descansando (Foto: Helder Brandão)

“Um guia me avisou que tinha uma sucuri tomando sol em uma área alagada, falei com os turistas e fomos atrás da serpente. Ela tinha acabado de comer, acredito que foi uma ave pelo tamanho da parte estomacal”, afirma Helder.

Com a barriguinha cheia, a sucuri passou vários dias na mesma posição. “Um dos hóspedes quis me acompanhar e entramos dentro da lama para registrar o momento, claro que sempre com segurança, sem tocar no animal”, explica.

alagavel
Cobra estava enrolada e descansando em área alagável (Foto: Helder Brandão)

O biólogo destacou o quanto é importante manter a distância nesses casos, pela segurança do próprio animal. “O respeito pelo animal é essencial, a sucuri pode regurgitar a presa ao se sentir ameaçada, o que é perigoso. Trabalhamos com passeios de conservação, em ações que vão focar em destinos e passeios que conservem a natureza”, frisa.

sucurizinha 2
Linda e plena no seu habitat natural (Foto: Helder Brandão)

Helder compartilha outros registros das belezas do Pantanal nas redes sociais, inclusive um vídeo desse momento. Confira:

Animais

Mato Grosso do Sul


Fonte Primeira Página

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!