Briga por pensão entre assessor parlamentar e ex-esposa vai parar na delegacia em Cuiabá

A ex-esposa também pediu medida protetiva

Briga por pensão entre assessor parlamentar e ex-esposa vai parar na delegacia

Uma confusão entre um assessor parlamentar, de 39 anos, e a ex-esposa, de 44, terminou na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá. O homem teria segurado a vítima para que a atual companheira, uma conselheira tutelar, a agredisse.

O episódio de violência teria acontecido no residencial Maria de Lourdes, quando o assessor parlamentar e a companheira foram levar os filhos para a vítima. O horário combinado seria às 19h, mas a mãe pediu para o ex levar mais tarde.

Entretanto, a atual esposa teria iniciado uma discussão com a vítima e ainda a agredido. O assessor então teria segurado a ex-esposa e a jogado no chão, para que a atual batesse na ex. 

Logo depois, o casal pegou as crianças e deixou o local. A confusão terminou na Delegacia da Mulher, onde ambos alegaram que a vítima teria ingerido bebida alcoólica.

Conforme a mãe das crianças, que possui a guarda dos filhos, o assessor parlamentar, não estaria pagando a pensão. Por conta disso, um mandado de prisão foi decretado pela Segunda Vara Especializada de Família.

Até setembro de 2020, o valor do débito com os filhos é de R$ 3,8 mil.

O ex-casal teve um relacionamento de aproximadamente 15 anos. O assessor parlamentar também foi candidato a deputado estadual.

Um boletim de ocorrência foi registrado no dia 3 de janeiro. A ex-esposa também pediu medida protetiva. 

Fonte: Olhar Direto

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.