Arara-canindé é encontrada com linha de cerol enrolada em asa

Militares da PMA (Polícia Militar Ambiental) resgataram nessa segunda-feira (4) uma arara-canindé ferida em frente a uma residência do bairro Corcovado, em Campo Grande. A ave, símbolo da Capital de Mato Grosso do Sul, foi encontrada caída, com as asas enroscadas a uma linha de pipa, que segundo a polícia, continha cerol.

arara
A arara foi resgatada e levada ao CRAS (Foto: Divulgação)

A arara foi encontrada por um morador do bairro, de 32 anos. Ele contou a polícia a ave já caiu em frente a sua casa enroscada na linha de pipa. Quando chegaram, os militares perceberam que as asas estavam cortadas e por isso ela não conseguia voar.

Quanto mais a arara se mexia, maior e mais profundo o ferimento ficava. Com muito cuidado, a ave foi resgatada, colocada em uma caixa de contenção e levada ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres). O ferimento na asa será tratado pelos veterinários e assim que estiver recuperada, a arara será reintroduzida no seu ambiente.

O cerol é uma mistura de cola de madeira com vidro moído que geralmente é passado nas linhas de pipas para permitir que corte outras das pipas. O fio, no entanto, fica extremamente cortante e pode ferir motociclistas, pedestre e aves.

Fonte Primeira Página

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!