Dólar acima de R$ 5,30 e previsões de petróleo até US$ 380 colocam em risco PEC dos benefícios

O dólar chegou a bater R$ 5,32 na sexta-feira, primeiro dia de julho, atingindo a máxima desde fevereiro. Com isso, as exportações no país tendem a aumentar e a oferta de produtos internamente a reduzir.

Já o banco americano JP Morgan publicou um comunicado em que prevê um pior cenário no qual o preço do barril de petróleo chega a US$ 380. Isso caso o G7 decida impor mais sanções à Rússia e o país do leste europeu responder com retaliações, cortando a exportação de petróleo à Europa.

Segundo os economistas, o valor da cotação do dólar e as previsões do petróleo podem colocar em risco os efeitos da chamada “PEC dos benefícios”. O projeto, aprovado pelo Senado na última quinta-feira (30), prevê o reconhecimento do estado de emergência em 2022 e libera R$ 41,25 bilhões em auxílios.

Os especialistas alertam que a PEC, além de poder ter seus efeitos prejudicados em razão do cenário mundial, cria projetos estruturais já a partir de 2023, com o descontrole dos gastos públicos.

Apresentado por Thais Herédia e Priscila Yasbek, o CNN Money apresenta um balanço dos assuntos do noticiário que influenciam os mercados, as finanças e os rumos da sociedade e das dinâmicas de poder no Brasil e no mundo.

Confira também os outros podcasts da CNN Brasil, e inscreva-se no canal no YouTube.

Fonte CNN Brasil

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!