Jovem de 14 anos é roubada e abusada sexualmente em Várzea Grande

Ela foi atacada e colocada dentro de um carro

Foto: Ilustrativa

Adolescente de 14 anos foi roubada e abusada sexualmente na noite de sábado (21), no bairro Construmat, em Várzea Grande. Ela foi colocada em um carro e levada até a orla, onde o crime aconteceu. Vítima narrou que foi ameaçada de morte e que seria jogada no rio Cuiabá.

De acordo com as informações, Polícia Militar estava atuando próximo da Univag, onde acontecia um show, quando foi acionada pelo pai da vítima, informando que ela foi vítima de roubo e tentativa de estupro. Segundo a menor, ela saiu de casa por volta das 22h e foi até a casa da avó buscar uma chapinha de cabelo.

A casa aonde ela ia fica próxima da sua residência. Mas, no caminho da volta, foi abordada por um homem que estava em um carro branco. Ele tomou o celular da vítima e depois, a puxou pelos braços para dentro do veículo, dirigindo em direção da orla.

Lá, disse que se ela não fizesse o que mandava, ela seria jogada no rio e que os pais dela seriam mortos – disse ainda que os conhecia e que sabia onde ela estudava. Depois, ele passou a mão pelo corpo da vítima e a beijou.

Depois de um tempo abusando da vítima, ele abriu a porta do carro e a mandou sair. Não houve conjugação carnal. A menina saiu correndo para casa e no caminho encontrou o pai, que já tinha saído de casa para procura-la e não a encontrou na casa da avó.

Vítima estava nervosa e chorava muito. Aos policiais, ela disse que não conhece o agressor. Afirma que ele tem cabelo grisalho, é branco, tem entre 50 e 60 anos e usava um relógio dourado. Agressor fugiu ainda levando o celular da menina e a chapinha. Em rondas, polícia não localizou o suspeito. Caso é investigado.

Fonte: Gazeta Digital

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.