Vítimas de golpes têm valores ressarcidos após ações da PJC

O terceiro trabalho integrado foi com a Delegacia de Polícia de Nova Mutum

Foto: PJC/Polícia Judiciária Civil/Assessoria/Arquivo

A Polícia Judiciária Civil (PJC) de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), recuperou na última semana mais de R$ 20 mil, subtraídos de diferentes vítimas de golpes cometidos pela internet. As diligências investigativas realizadas pela DRCI foram realizadas em apoio as outras Delegacias de Polícia do interior do estado.

Na primeira ocorrência de estelionato oriunda da Delegacia de Polícia de Canarana, os policiais civis da DRCI conseguiram recuperar o valor de R$ 1 mil, que foram bloqueados na conta bancária suspeita.

O segundo crime foi registrado pela vítima no município de Marcelândia. Nessa diligência foi possível recuperar o valor de R$ 18 mil, transferidos pela vítima após cair no golpe aplicado através de meio eletrônico.

O terceiro trabalho integrado foi com a Delegacia de Polícia de Nova Mutum, e resultou no bloqueio do valor de R$ 1,1 mil, também de uma vítima de estelionato.

O trabalho investigativo da Polícia Civil para apurar os crimes, conta com apoio dos Setores de Prevenção de Fraudes das instituições financeiras, que realizam o bloqueio dos valores e possibilita posteriormente à restituição para as vítimas.

Fonte: Portal Sorriso com informações da PJC-MT

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.