Empresário é preso suspeito de vender celulares furtados em Poconé

Prisão fez parte de operação nacional; outros aparelhos serão periciados

Foto: Reprodução

Um empresário de Cuiabá, que não teve a identidade revelada, foi preso na última quarta-feira (17) suspeito de comercializar celulares furtados de rede de lojas de Poconé, no início do ano.

Conforme a Polícia Civil, as investigações foram realizadas pela Delegacia de Poconé, sob supervisão do delegado Maurício Maciel Pereira Júnior. 

O intuito era apurar o furto de diversos aparelhos celulares subtraídos de uma rede de lojas de eletrodomésticos. O crime foi cometido no dia 27 de abril no Município. 

A ação foi desencadeada pela Delegacia de Poconé e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá dentro da operação nacional “Voleur”. 

Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos diversos aparelhos celulares, entre eles um subtraído do estabelecimento. O suspeito foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada.

Durante as investigações, os policiais conseguiram a informação de que os aparelhos estavam sendo comercializados em duas lojas instaladas em trailers, em Cuiabá.

Diante das provas, o delegado Maurício Maciel Pereira Júnior, representou pelos mandados de busca e apreensão nos estabelecimentos, que foram deferidos pela Justiça. 

No local, os policiais apreenderam vários aparelhos celulares, um deles produto do furto praticado na loja de Poconé. Os demais aparelhos serão periciados com o fim de identificar a possível origem ilícita. 

O proprietário do local foi conduzido à Derf de Cuiabá, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de receptação qualificada.

Megaoperação

A megaoperação deflagrada pela Polícia Civil em 26 estados e no Distrito Federal, resultou em Mato Grosso na prisão de 271 suspeitos de crimes como roubo, furto, furto qualificado, latrocínio e receptação.

Ao todo, em Mato Grosso, foram cumpridos 91 mandados de busca e apreensão. Noventa celulares foram recuperados, entre eles, 31 oriundos de furtos e roubos investigados pela Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande. Outros 14 aparelhos foram recuperados em ações da Delegacia de Roubos e Furtos de Rondonópolis.

A Operação Voleur resultou em 2.112 prisões e cumprimento de 978 mandados de buscas e apreensões em todo o País.

Fonte: Mídia News

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.