Homem é condenado a 13 anos de prisão por homicídio e filho é detido em audiência em Sorriso

Ao assistir à audiência do pai, homem foi preso por ter um mandado de prisão em aberto

Foto: TV Sorriso/Record TV/Arquivo

Antônio Raimundo Sousa Martins, conhecido como Baixinho, 56 anos, foi condenado pela juíza Emanuelle Chiaradia Navarro, da 1ª Vara Criminal de Sorriso, a uma pena de 13 anos de reclusão em regime inicial fechado pela prática de homicídio. Ao assistir a audiência, o filho do réu, Antônio de Sousa Martins, de 34 anos, acabou sendo detido em virtude de um mandado de prisão em aberto. 

Conforme apurado pela reportagem, Antônio apresentou os documentos para assistir ao júri do pai, e os oficiais constataram que havia um mandado de prisão em aberto expedido pela comarca do município de São Domingos, no Maranhão. Porém, não foi informado se o crime de homicídio foi tentado ou consumado. 

Antônio foi preso na manhã de ontem no fórum de Sorriso, onde o pai dele foi condenado a 13 anos de prisão. Os jurados acataram as duas qualificadoras de homicídio praticado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. 

Antônio Raimundo Sousa Martins, de 56 anos, já estava detido no Centro de Ressocialização de Sorriso (CRS) acusado de matar Antônio Francisco, de 25 anos. A vítima foi esfaqueada em setembro de 2018 após uma desavença por conta de um jogo de sinuca, em um bar que fica na rua Passo Fundo, bairro São Matheus, em Sorriso. 

Antônio deverá cumprir o restante da pena no CRS, para onde o filho, de 34 anos, também foi encaminhado. 

Fonte: Portal Sorriso

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.