Suspeito de tentar matar, estuprar e roubar R$ 13 mil de garota de programa é preso em Cuiabá

O suspeito foi localizado no bairro Jardim Universitário em Cuiabá e com ele, foi apreendido R$ 10,2 mil em dinheiro, possivelmente subtraído da vítima

Suspeito de tentar matar, estuprar e roubar R$ 13 mil de garota de programa é preso em Cuiabá
Foto: Ascom MT

Um homem, que não teve a identidade divulgada, foi preso no bairro Jardim Universitário, em Cuiabá, nesta quarta-feira (29) acusado de tentar matar, estuprar e roubar uma garota de programa na tarde da última segunda-feira (27) no bairro Ouro Verde, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). Na ocasião, ele violou a vítima após ter dado uma facada em seu pescoço. 

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito teve o mandado de prisão cumprido pela corporação após ser identificado em investigações da Delegacia Especializada da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG). 

Além da prisão do suspeito, a ação resultou na recuperação de mais de R$ 10 mil em dinheiro que teriam sido subtraídos da vítima. O crime ocorreu na segunda por volta das 15h20, na residência da vítima, que trabalha realizando serviços sexuais. Na ocasião, a jovem foi esfaqueada no pescoço pelo cliente. 

A vítima, então, foi socorrida pela equipe do Samu e encaminhada para o Pronto Socorro de Várzea Grande. Assim que foi acionada da ocorrência, a equipe da Delegacia da Mulher de Várzea Grande foi até o Hospital, onde realizou a oitiva da vítima. 

Segundo as informações, após tentar matar a vítima, desferindo um golpe de faca no seu pescoço, o suspeito a estuprou, mantendo relação sexual com ela sem seu consentimento, e ainda subtraiu aproximadamente R$ 13 mil de economias da vítima.

Com base no arquivo fotográfico da Polícia Civil, a vítima fez o reconhecimento do suspeito que foi identificado e qualificado pelos policiais da DEDMCI-VG. Com isso, o delegado Afonso Monteiro da Silva Junior, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido pela Justiça na manhã de quarta-feira (29). 

O suspeito foi localizado no bairro Jardim Universitário em Cuiabá e com ele, foi apreendido R$ 10,2 mil em dinheiro, possivelmente subtraído da vítima. Durante o interrogatório, ele apresentou uma versão diferente a dada pela vítima. Segundo o delegado, as diferenças das declarações serão apuradas no curso do inquérito policial, que esclarecerá todas as circunstancias dos fatos e a real motivação do crime.

Fonte: Olhar Direto

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.