PC encontra 5 toneladas de maconha em meio a carga de tutano em Rondonópolis

Flagrante ocorreu na região Sul do Estado

5 toneladas.jpg
Foto: Divulgação

A Polícia Civil, através da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). apreendeu aproximadamente cinco toneladas de maconha que eram transportadas, na câmara fria de uma carreta, junto a uma carga de tutano. A ação contou com apoio Delegacia Regional de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), Delegacia de Alto Taquari, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

O motorista que fazia o transporte da carga foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa.

As diligências iniciaram após a equipe da GCCO receber informações de que um grupo criminoso estava se organizando para transportar grande quantidade de produtos ilícitos, entre entorpecentes e armas de fogo, oriundos do estado de Mato Grosso do Sul.

Segundo investigações, os criminosos utilizariam rotas alternativas para tentar escapar da fiscalização policial. Com base nos levantamentos preliminares, os policiais passaram a monitorar um veículo (cavalo e carreta) utilizado pelo grupo criminoso, realizando a sua abordagem na chegada da cidade de Alto Taquari.

Em buscas no semirreboque, foi encontrada a carga de aproximadamente cinco toneladas de maconha, que estava escondida em meio a uma carga de 10 toneladas de tutano (avaliada em R$ 30 mil). Questionado, o motorista confessou que buscou a carga de tutano em Cuiabá, com a intenção de esconder os entorpecentes na câmara fria, colocando lacre e tendo nota fiscal em caso de possível abordagem

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Alto Taquari, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação criminosa.

Segundo o delegado titular da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a droga seria distribuída para diversas cidades do estado. “Foi necessária uma abordagem rápida, antes que o entorpecente fosse distribuído. As investigações seguem em andamento para identificar outros envolvidos no crime”, disse o delegado.

Fonte: Folha Max

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.