PM prende dupla que torturou casal de idosos em chácara em Santo Antôniodo Leverger

Diante dos fatos, o suspeito foi preso e encaminhado à Polícia Civil para as demais providências. A pessoa que recebeu o pix feito pela vítima também foi localizada. As investigações e buscas pelos demais criminosos continuam em andamento

bandido chacara
Foto: Divulgação

Um bandido foi preso após um assalto numa chácara na zona rural de Santo Antôniodo Leverger (30 km de Cuiabá) na última quinta-feira (09). Na ocasião, um casal de idosos, de 70 e 65 anos, foi espancado e torturado pelos criminosos. 

Segundo informações, a família estava reunida na propriedade, quando foi abordada por cinco bandidos armados que abordaram o caseiro e anunciaram o assalto. Extremamente violentos, os bandidos pediram dinheiro, jóias e armas.

Eles ainda obrigaram as vítimas a fazer transferências bancárias por meio de Pix de alto valor, como não conseguiram ficaram ainda mais agressivos e bateram nos idosos, com chutes e pontapés.

A mulher ainda foi asfixiada com uma sacola pelos bandidos para passar para eles as senhas. Cerca de R$ 3 mil em dinheiro, celulares, televisores, aparelhos eletrônicos e o veículo das vítimas, uma caminhonete Ranger, foram levados pelos bandidos.

Já na sexta-feira (10), os agentes da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (DERFVA) conseguiram localizar o carro que deu apoio aos bandidos e também o condutor. Ao ser detido, o suspeito confessou que a caminhonete e parte dos materiais levados no roubo, estavam escondidos em uma residência no bairro Nova Fronteira, em Várzea Grande.

No local, também foram localizados documentos pessoais e cartões de crédito das vítimas, e também um dos televisores levados no assalto. Segundo os agentes, o veículo estava sendo leiloado em um grupo de WhatsApp, por faccionados.

Diante dos fatos, o suspeito foi preso e encaminhado à Polícia Civil para as demais providências. A pessoa que recebeu o pix feito pela vítima também foi localizada. As investigações e buscas pelos demais criminosos continuam em andamento. 

Fonte: Folha Max

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.