Polícia prende estupradores de crianças em Barra do Garças

Quatro bandidos foram presos em Sinop (500 km de Cuiabá) pelos crimes de estupro de vulnerável

Foto Principal Notícia
Foto Por: RepórterMT/Reprodução

A Polícia Civil de Barra do Garças (509 km de Cuiabá) cumpriu seis mandados de prisão nesta semana em Mato Grosso. Os criminosos são acusados de estuprar crianças e adolescentes e de violência doméstica e familiar.

As ações estão inseridas na operação nacional “Acalento” coordenada pelo Ministério da Justiça (MJ) de combate a crimes praticados contra crianças e adolescentes, e na Operação Ruris deflagrada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças.

Entre as ordens judiciais, quatro foram mandados de prisão contra acusados de crimes de estupro de vulnerável, investigados e esclarecidos pela delegacia especializada de Barra do Garças, cujos autores tiveram as condenações definitivas decretadas pela Justiça.

De posse das ordens de prisão, os policiais civis descobriram que os quatro procurados estavam na cidade de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), sendo então solicitado apoio dos policiais do município, que realizaram a prisão dos envolvidos em cumprimento aos mandados.

Conforme a delegada da DEDM de Barra do Garças, Luciana Batista Canaverde, restaram apenas dois mandados de prisão, considerados “prejudicados”, uma vez que os alvos morreram em situações anterores ao cumprimento das ordens judiciais.

“A equipe da delegacia também realizou o cumprimento de um mandado de prisão preventiva por descumprimento de medida protetivas estabelecida pela Lei Maria da Penha, e outro mandado de busca e apreensão domiciliar, ambas ações incluídas na operação Ruris, visando dar rápida resposta às vítimas de violência doméstica ocorridas na região”, destacou a delegada Luciana Canaverde.

Fonte: Repórter MT

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.