Ex acusa policial do Bope de invadir casa e estuprá-la em Cuiabá

Mulher alegou que perseguição contece há dois anos

bope
Fonte: Reprodução

Cansada de sofrer agressões, uma mulher de 33 anos denuncia ex-marido de perseguição e estupro. O acusado é um policial militar do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e não teve o nome divulgado.

A vítima já registrou mais de 10 boletins de ocorrência contra o acusado e ainda assim ele não suspende as ameaças e perseguições. A vítima fez a denúncia no Programa do Pop (TV Rondon) na última terça-feira (06).

Segundo ela, sofre as ameaças e perseguições desde o término do relacionamento há cerca de dois anos. A relação entre o casal durou apenas um ano.

Em uma das situações, o policial a agrediu com a arma na mão. Na última briga entre o casal, o acusado chegou a obrigá-la a ter relações sexuais com ele.

Ela relata que uma amiga testemunhou toda a situação. “Ele invadiu a minha casa e armado me ordenou que fosse para o quarto para conversarmos. Lá, ele me obrigou a transar com ele e eu pedi para ele parar porque eu não queria. Mesmo assim, ele insistiu”, diz a mulher.

A vítima teme por sua vida. Alega que toda família está apavorada com a situação.

Em nota, a corregedoria disse que o policial está sendo investigado pelas denúncias. 

Fonte: Folha Max

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.