Adolescente mantida refém em Cocalzinho de Goiás enviou mensagem à polícia escondida no quarto: ‘Socorro, Lázaro está aqui’

Delegado diz que uma viatura com policiais dormiu na residência e que suspeito invadiu o local após a saída da equipe. Lázaro está fugindo de uma força-tarefa de mais de 200 policiais há sete dias

Foto recente de Lázaro Barbosa enviada pela Polícia Civil — Foto: Reprodução TV Anhanguera
Foto: Reprodução TV Anhanguera

Uma adolescente de 16 anos que foi mantida refém em Cocalzinho de Goiás por Lázaro Barbosa, suspeito de matar uma família em Ceilândia, enviou mensagem à polícia escondida no quarto, na terça-feira (15). O delegado Raphael Barboza informou que o casal e a menina foram resgatados sem ferimentos.

“Socorro, Lázaro está aqui em casa”, dizia o texto enviado pouco antes de ser levada para o mato.

Segundo o delegado, uma viatura com policiais dormiu na residência na noite anterior ao sequestro. A intenção era justamente limitar a área de atuação e fuga do suspeito. Mas a forma como Lázaro invadiu a propriedade, mostrou que ele acampou na mata para vigiar a casa e esperou a polícia deixar o local.

“A menina estava no quarto sozinha e mandou mensagem pedindo socorro, aí voltou todo mundo e bem na hora que chegamos, ele levou os reféns como forma de se proteger”, explicou o delegado.

O suspeito roubou dois celulares da família, incluindo o da adolescente que enviou a mensagem com pedido de socorro.

Ainda na terça-feira, dois policiais foram baleados de raspão e levados para hospitais goianos. O primeiro policial foi ferido pela manhã, no povoado de Edilândia, que fica na região de Cocalzinho.

O segundo foi baleado por volta das 15h, na mesma região. Os bombeiros informaram que ele é um sargento da PM e foi atingido com um tiro de raspão no rosto. O militar foi encaminhado consciente para um hospital de Anápolis, a 55 km de Goiânia.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás informou que houve um confronto quando o policial militar acabou sendo baleado. No entanto, a secretaria não informou se este confronto aconteceu durante o resgate da família feita refém e libertada.

A fuga

Lázaro Barbosa está fugindo de uma força-tarefa de mais de 200 policiais há sete dias pela região goiana que fica no Entorno do Distrito Federal. Leia mais abaixo detalhes sobre a fuga.

A polícia usa cães, drones e helicópteros na captura ao suspeito. Trinta e quatro propriedades rurais em Goiás estão ocupadas pelas forças de segurança para evitar ação do homem.

34 propriedades rurais em Goiás estão ocupadas pelas forças de segurança para evitar ação de Lázaro Barbosa, suspeito de uma chacina no DF — Foto: TV Globo / Reprodução
Foto: TV Globo / Reprodução

Fonte: G1

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.