Lúdio irá recorrer de decisão judicial que manteve data do Enem em Mato Grosso

O deputado acredita que aglomerações decorrentes das provas podem agravar ainda mais a situação da pandemia em Mato Grosso

Deputado estadual e médico sanitarista Lúdio Cabral (PT) afirmou que irá recorrer da decisão da Justiça Federal que manteve as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em Mato Grosso para este domingo (17). De acordo com ele, avaliação não pode ser realizada até que existam condições sanitárias adequadas para sua realização.

No entendimento de Lúdio, também é preciso que haja estrutura suficiente e necessária na rede de saúde pública e privada para atendimentos dos casos de infecções pelo novo coronavírus. Conforme noticiou o RD News, nesta sexta (15) quase mil pessoas estão internadas com a doença.

“A Justiça precisa considerar a evolução da pandemia para tomar essa decisão, e não apenas a taxa de ocupação de leitos existente hoje. Existe uma evolução da curva de ocupação. Há um mês, a ocupação era metade do que é hoje. E daqui algumas semanas, a ocupação dos leitos será total e viveremos um novo colapso da rede de saúde”, destacou.

Juiz federal Cesar Augusto Bearsi entendeu que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, já impôs medidas para reduzir a disseminação do coronavírus no dia da prova. Medidas sanitárias, em seu entendimento, seriam suficientes para que Enem seja realizado com segurança.

O deputado, no entanto, acredita que aglomerações decorrentes das provas podem agravar ainda mais a situação da pandemia em Mato Grosso. Lúdio também defendeu que não é possível comparar a exposição e o risco de contágio do Enem com o dia das eleições.

“Na eleição, a pessoa chega, vota e vai embora. Ela não fica em uma sala fechada com diversas pessoas por mais de 4 horas, como acontece na prova do Enem”, complementou o parlamentar.

Em Mato Grosso, caso data da prova seja mantida, quase 99 mil pessoas se inscreveram para realizar a prova de maneira impressa e presencial. Enem tem duração de até 5h30. Segundo dia de provas está marcado para o dia 24 de janeiro. 

Fonte:  RD News

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.