CPI: senadora Eliziane Gama acusa Pazuello de mentir

Assessoria do Pazuello recomendou que o ex-ministro permanecesse em silêncio

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Durante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, nesta quarta-feira (19), a senadora Eliziane Gama (CIDADANIA) acusou o ex-ministro Eduardo Pazuello de mentir. Na ocasião, a senadora questionou Pazuello sobre a demora em receber o avião cargueiro dos Estados Unidos, que estava carregado com oxigênio e deveria abastecer Manaus-AM. Em resposta, Pazuello afirmou que não havia sido informado acerca da chegada do carregamento.

Em seguida, Eliziane apontou uma documentação do Ministério da Saúde, dada como resposta à deputada Perpétua Almeida (PCdoB), para justificar as ações da pasta na época, em relação ao carregamento. Nesse momento, a senadora foi interrompida pelo presidente da CPI, Omar Aziz, e a assessoria do Pazuello recomendou que o ex-ministro permanecesse em silêncio.PUBLICIDADE

Antes da CPI, Pazuello afirmou que responderia a todas as perguntas, inclusive as que o incriminassem.

Durante a CPI, Pazuello foi questionado diversas vezes acerca de sua gestão no período em que o estado do Amazonas havia se tornado o epicentro da pandemia. No início de sua fala, Eliziane também questionou o aumento da produção de cloroquina, quando Manaus-AM estava carecendo de oxigênio. Pazuello disse à senadora que, na época, o estado do Amazonas não havia requisitado oxigênio ao Ministério da Saúde.

Fonte: Jornal De Brasília

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.