Pela 1ª vez desde março, taxa de ocupação de UTI em MT fica abaixo de 90%

Taxa caiu para 84,21% nessa quarta-feira (28).

Taxa de ocupação caiu em MT — Foto: Arquivo pessoal

Pela primeira vez após quase dois meses, a taxa de ocupação de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Mato Grosso ficou abaixo de 90%. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), a taxa caiu para 84,21% nessa quarta-feira (28).

Desde o dia 3 de março a taxa estava acima de 90% e chegou a 100%, quando o sistema público de saúde entrou em colapso. A fila de espera chegou a cerca de 200 pessoas.

O funcionário de uma transportadora Sérgio Randerson Correa, de 47 anos, que é pai do o lutador de jiu-jitsu Kaike Angelim morreu por Covid-19 à espera de vaga. Ele estava com falta de ar e uma tomografia detectou que tinha uma pneumonia em estágio avançado.

Sérgio precisava com urgência ficar internado em um leito de UTI para conseguir se tratar, mas os hospitais não tinham mais vagas. Ele aguardou em um espaço improvisado em um hospital particular até que surgisse um leito, mas não resistiu.

As irmãs Solange Rodrigues e Sandra Rodrigues se infectaram com a Covid-19 no final de março. Elas aguardavam por uma vaga na UTI devido ao agravamento da doença. As irmãs morreram por Covid-19 com seis dias de diferença.

Depois de quase 200 pessoas aguardarem por uma vaga de UTI no final de março, o governador Mauro Mendes (DEM), decretou medidas mais rígidas e autorizou que os municípios do estado pudessem endurecer as medidas restritivas.

Toques de recolher e horários para fechamento do comércio foram estabelecidos para tentar conter o avanço de um novo pico da doença. Em março, Mato Grosso registrou 1.902 mortes pela Covid-19, o maior número até o momento.

Quase dois meses depois, pela primeira vez, a taxa de ocupação de leitos de UTI vem diminuindo. Nesta terça-feira (27) a taxa estava em 91,94% e nesta quarta-feira (28), houve uma queda para 84,21%. Não há mais pacientes aguardando por leito.

Atualmente, o estado possui 87 leitos disponíveis para pacientes que precisarem de internação.

Em Mato Grosso foram registrados 358.718 casos de Covid-19 e 9.696 mortes pela doença. Estão internados 1.547 pacientes em UTIs e enfermarias públicas.

Fonte: G1 MT

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI
Já assistiu aos nossos novos vídeos no
YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.